Fundos de Proteção ao Cliente do Reino Unido | Bwin Party

Observe que em conformidade com as condições de licença da UK Gambling Comission, somos obrigados a informar aos jogadores que usam nossas instalações na Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte (“os Clientes Britânicos”) o nível de proteção proporcionado aos fundos dos clientes britânicos. Os fundos dos clientes são mantidos em contas bancárias separadas de outras contas bancárias empresariais, mas elas são parte dos ativos da empresa no evento de insolvência. Isso atende às exigências da Gambling Comission para a segregação de fundos de clientes no nível: segregação básica. Clique aqui para mais informações: http://www.gamblingcommission.gov.uk/Consumers/Protection-of-customer-funds.aspx. Observe que dos Clientes Britânicos será exigido um recibo de ciência desta declaração de divulgação e não iremos permitir que os clientes britânicos utilizem quaisquer fundos depositados para jogar até que tenham confirmado o recebimento desta declaração, em cada uma das seguintes situações:

(i) caso um cliente britânico ainda não tenha depositado fundos conosco, na primeira vez que este cliente britânico depositar fundos.

(ii) caso um cliente britânico já tiver depositado fundos conosco anteriormente, na próxima vez que este cliente britânico depositar fundos conosco; e

(iii) no evento de qualquer depósito subsequente por cliente britânico, que seja o primeiro desde a alteração no nosso Certificado de Declaração.

Nem a ElectraWorks Ltd (“o Operador”), nem qualquer parte da bwin.party digital entertainment plc (“o Grupo”) não tem qualquer histórico de não cumprir responsabilidades oriundas de transações de apostas ou obrigações financeiras. Isto inclui outros locais onde o Operador e outras empresas do Grupo fazem operações dentro de diversos países de forma licenciada e regulada. 

Controle do Grupo

No mínimo, a administração do Grupo executa uma revisão mensal do desempenho das várias divisões operacionais do Grupo nos mercados onde o Grupo opera e aloca os recursos necessários para estas empresas. Um significante investimento de capital é fornecido a novos empreendimentos e isso é monitorado de perto, enquanto em sua fase inicial.  Preocupações sobre liquidez serão trazidas imediatamente à atenção da administração.

O Grupo sempre se certifica de que o seu efetivo e o equivalente em efetivo, durante todo o tempo, exceda os Fundos do Cliente do Grupo. Em 30 de junho de 2014 o Grupo tinha um saldo de caixa de €176,7m (£141,6m) e facilidades de crédito não utilizadas no valor de €43,7m (£35m). 

Os fundos de clientes em todo o grupo somavam €108,6m (£87m) na mesma data.

O Operador é a principal empresa tesoureira para guardar os fundos dos clientes britânicos e o excesso de caixa do Grupo. O Operador investe o excedente de caixa em fundos de mercado de alta qualidade e depósitos bancários de curto prazo nos principais bancos europeus.

Controle do Operador

Os saldos de clientes britânicos do Operador totalizavam aproximadamente €6,7m (£5,35m). Para atender as exigências da LCCP, os fundos que totalizavam este valor deveriam ser colocados em uma conta bancária dedicada. O caixa livre (a diferença entre os saldos de efetivo e os fundos do cliente) iriam fornecer o financiamento das operações iniciais, embora se estime que o mercado britânico (como indicado nas projeções financeiras) seria positivo para as receitas liquidas e fluxo de caixa baseado na base existente de jogadores.

O Operador, como parte do Grupo, opera sob um nível rigoroso de controle financeiro e controle de gestão alocado e aplicado. Alguns exemplos de controles financeiros em vigor dentro da empresa, incluem:

  • O conselho do Operador assim como um time administrativo dedicado irá garantir e revisar a tomada de decisão e controles financeiros de forma constante.
  • A extensão em que empregados individualmente podem comprometer a empresa a quaisquer despesas está claramente definida dentro de um documento de Delegação de Autoridade. Este documento leva em conta as operações da empresa e ações detalhadas em níveis, como por exemplo, se os agentes de atendimento ao cliente podem dar bônus em um nível de gasto para o qual uma aprovação mais sênior é exigida.
  • A maioria dos gastos é feita por meio de processos de pedido de compra que dão origem antes a um pedido de bens ou serviços e rastreiam o fluxo do gasto através da empresa. Isto está completamente integrado à contabilidade da empresa.
  • Diversas políticas, tais como administração da tesouraria e impostos, são adotadas em todo o Grupo para controlar todos os ativos do Grupo.
  • O Grupo tem um departamento de Auditoria Interna forte que se reporta ao Comitê de Risco e Auditoria do Grupo. As tarefas incluem a supervisão dos controles financeiros e operacionais em vigor dentro da empresa.

Fundo de Clientes Britânicos” entende-se por valor agregado de fundos acreditados a Clientes Britânicos do Operador, incluindo, sem limitação: fundos liberados depositados por Clientes Britânicos com o operador para fornecer apostas ou para cumprir as taxas referentes a jogos futuros, vitórias ou prêmios os quais os Clientes Britânicos optaram por deixar depositado com o Operador ou para os quais o Operador ainda tem que creditar a Clientes Britânicos e qualquer outra fidelidade ou bônus certos, mas que ainda não foram pagos. Os fundos dos clientes são mantidos em contas bancárias separadas de outras contas bancárias empresariais, mas elas são parte dos ativos da empresa no evento de insolvência. Isso atende às exigências da Gambling Comission para a segregação de fundos de clientes no nível: segregação básica.

Fundo de Clientes do Grupo” entende-se como o valor agregado de fundos acreditados a todos os clientes do Grupo.